Comunicação Social do MPPR

Planejamento Institucional

22/01/2014

Equipe do MPPR visita a sede do MPF do Paraná para conhecer o Sistema Integrado de Informações Institucionais

Equipe do Ministério Público do Paraná composta por membros e servidores da SUBPLAN, da Corregedoria-Geral e da SUBADM  visitam hoje, 22 de janeiro, a sede do Ministério Público Federal em Curitiba, para conhecer o ÚNICO - Sistema Integrado de Informações Institucionais, que controla a gestão do fluxo processual no MPF. 


O ÚNICO - Sistema Integrado de Informações Institucionais que controla a gestão do fluxo processual no MPF, foi criado a partir do processo de informatização da justiça brasileira, principalmente após a publicação da Lei nº 11.419 de dezembro de 2006 – Lei da Informatização Judicial (LIP) – onde iniciou-se uma nova fase no Processo Jurisdicional, proporcionando meios legais para a implantação do processo virtual na Justiça Federal. 


Criado justamente, para agilizar e unificar o trâmite de documentos judiciais e administrativos, ele permite a integração nacional do MPF de forma transparente, além de dar celeridade e segurança à tramitação de processos.


Além dessa integração, o sistema provê uma série de ferramentas para as atividades institucionais do MPF, com a utilização de novas tecnologias, só agora disponíveis.


Documentos eletrônicos produzidos pelo editor de textos dentro do sistema, certificação digital, assinatura eletrônica, indexação textual, pautas informatizadas, importação de dados dos processos do judiciário e o acesso ao sistema remotamente, são algumas das inovações.


O Sistema possui os seguintes princípios:

 

I – confiabilidade e integridade das informações relativas a documentos e processos

cadastrados nas bases de dados institucional;

 II – transparência, disponibilidade e agilidade na obtenção, pelo usuário, de informações

seguras e precisas sobre a atuação do MPF, inclusive com possibilidade de leitura das peças produzidas em cada fase, observado o grau de confidencialidade atribuído às informações, consoante os normativos do MPF;

 IV – integração de soluções de tecnologia da informação, com redução gradativa do quantitativo de sistemas utilizados no MPF, bem como melhoria no alinhamento das soluções com as necessidades de negócio;

 V – facilidade e agilidade na obtenção, pelas unidades da Secretaria Geral do MPF, de informações gerenciais e de caráter estratégico relativas a documentos e processos;

 VI – automatização de procedimentos operacionais, com redirecionamento da força de trabalho neles empregada para realização de outras atribuições.


Outra ferramenta disponível no Sistema ÚNICO é o Gerador de Consultas (GCONS), um
software que permite a elaboração de consultas pelo usuário final do sistema, sem necessariamente a intervenção da área de informática.


Por meio do GCONS, é possível extrair dados estatísticos de determinada unidade ou de um tipo específico de ação. Hoje, pode-se saber, por exemplo, quantas denúncias relacionadas à improbidade administrativa foram oferecidas, quantos inquéritos policiais o MPF recebeu em determinado ano ou quantas ações civil públicas foram propostas por área.


O GCONS oferece, em resumo, as seguintes funcionalidades:


► Execução pela Intranet;


► 
Construção de consultas com uso de parâmetros, agrupamentos, ordenação e preferências;

► Compartilhamento e/ou envio das consultas geradas;

► Armazenamento nos formatos HTML, PDF e Excel;

► Envio por e-mail das consultas geradas.


A equipe do MPPR presente à visita:

►  Pela SUBPLAN: Bruno Sérgio Galatti, Murilo Cezar Soares e Silva,  Elaine Mara Vistuba Kawa (DPG) e Sandra Mancino (DDO). 


►  Pela Corregedoria-Geral: Luciana Linero e Marcelo Adolfo Rodrigues.


►  Pela SUBADM: Ernani de Souza Cubas Neto (DTI / DIDES).





Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem