Comunicação Social do MPPR

Educação

23/11/2018

Alunos e professores vencedores do concurso Caravana da Cidadania 2018 são recebidos no MPPR com programação especial

Nesta quinta-feira, 22 de novembro, 32 estudantes e seus professores orientadores de todo o estado que tiveram suas propostas selecionadas no concurso Caravana da Cidadania 2018 participaram de uma programação especial para conhecer o trabalho do Mistério Público do Paraná. A ação integra o projeto Geração Atitude e visa premiar as melhores ideias de alunos de escolas públicas estaduais do ensino médio para mudar o Paraná. O prêmio foi uma viagem a Curitiba, que contemplou visita ao MPPR, às sedes dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo e a pontos turísticos da capital paranaense. O concurso é organizado pela Secretaria de Estado da Educação.

Confira os trabalhos selecionados

Encerrando a visita de três dias a Curitiba, os vencedores foram recebidos no auditório do Bloco I da sede do MPPR pelo procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, e pelo promotor de Justiça Eduardo Cambi, coordenador da Escola Superior do MPPR (antigo Ceaf). Ivonei Sfoggia agradeceu a presença de todos e parabenizou alunos e professores pelos projetos apresentados. “A participação de vocês na Caravana da Cidadania é muito importante para termos o retorno do que vocês têm desenvolvido nas escolas, principalmente porque a formação do cidadão brasileiro é uma grande preocupação do Ministério Público”, destacou.

Eduardo Cambi salientou o grande número de projetos de lei inscritos neste ano, quantidade que praticamente dobrou em relação a 2017, segundo o promotor de Justiça. Foram 492 trabalhos concorrendo nesta edição. “A Caravana da Cidadania é um programa bem-sucedido porque todos trabalham com amor: professores, promotores de Justiça, juízes e princialmente os alunos, que pensam em alternativas para o desenvolvimento do nosso estado”, afirmou. Cambi também fez uma apresentação explicando o papel do MP, assim como as áreas de atuação e a estrutura da instituição.

Apresentações – Após o bate-papo, o público assistiu à apresentação do coral infantil Dikaion, que faz parte do programa de inclusão social de crianças e adolescentes de 3 a 15 anos da Associação Beneficente Dikaion, de Piraquara. Em seguida, alunos do 5º ano da Escola Municipal Professora Judith Goss de Lima, de União da Vitória, apresentaram a peça de teatro “Ser criança”, sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para encerrar o encontro, os estudantes participaram do Jogo da Eleição, uma brincadeira criada pelo Centro Universitário Curitiba (Unicuritiba) em parceria com o Instituto Mais Cidadania que visa promover, por meio de um jogo de tabuleiro, a conscientização de jovens sobre a importância de um processo eleitoral ético que resulte em boas escolhas dos eleitores.

Ideias vencedoras – Foram dois os projetos vencedores da edição 2018 da Caravana da Cidadania. Os alunos secundaristas Luiz Augusto Rodrigues, de Ponta Grossa, e João Pedro Leal, de Boa Esperança, viram suas propostas, muito similares entre si, escolhidas entre os 32 projetos finalistas. Para chegar ao prêmio, entregue pelo presidente da Alep, deputado Ademar Traiano (PSDB), foram analisados 492 projetos inscritos. Os projetos premiados tratam da exposição indevida de imagens de colegas nas redes sociais. A exemplo do que ocorreu por ocasião da primeira edição, os trabalhos vencedores do concurso tem a chance de se tornar lei.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem