Comunicação Social do MPPR

Institucional

25/09/2020

Programas de rádio contribuem para aproximar MP e sociedade

Informações sobre a atuação do Ministério Público do Paraná chegam semanalmente a cerca de 500 rádios paranaenses, entre comerciais, comunitárias e universitárias, com abrangência em todas as regiões do estado. Isso é possível por meio do MP no Rádio e do MP Responde, programas radiofônicos institucionais produzidos com o objetivo de aproximar ainda mais Ministério Público e cidadãos. No Dia Nacional do Rádio, comemorado nesta sexta-feira, 25 de setembro, o MPPR destaca os dois programas, que também são distribuídos a veículos de imprensa em geral.

Com o formato de entrevista e duração média de 15 minutos, o MP no Rádio é uma conversa com membros do MPPR e convidados externos que falam sobre temas ligados à atuação institucional em diversas áreas, como direitos humanos, direito de família, saúde, patrimônio público, educação, meio ambiente e segurança, entre várias outras de interesse público. Também apresenta orientações quanto aos direitos da população. Já o MP Responde traz spots de cerca de um minuto de duração com perguntas e respostas sobre as dúvidas mais comuns da população a respeito do trabalho do Ministério Público e questões gerais da área jurídica, respondidas por procuradores e promotores de Justiça. De janeiro a agosto de 2020, o MP no Rádio somou 3.298 acessos e 1.099 downloads.

 

 

Mais perto dos cidadãos

Para o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, “a inserção do MPPR nas rádios comunitárias, principalmente, é fundamental para que seja possível potencializarmos a difusão, de forma qualificada e abrangente, dos serviços prestados pela instituição à sociedade paranaense”.

O coordenador de assuntos institucionais, Fernando da Silva Mattos, também destaca a importância desse trabalho para a sociedade: “Com o MP no Rádio e o MP Responde, conseguimos apresentar os serviços e ações do Ministério Público de forma clara, acessível e didática para a população, em diferentes regiões do estado. O objetivo é aproximar ainda mais a sociedade da instituição, considerando que, mesmo com o alcance da televisão e com o avanço das novas mídias, o rádio continua sendo um dos principais veículos de comunicação no país.”

Os programas podem ser utilizados de forma gratuita por qualquer emissora de rádio interessada. A produção é feita sem custo extra para a instituição. Todo o desenvolvimento (pautas, agendamento, roteiro, locução etc.) é de responsabilidade da Assessoria de Comunicação do MPPR, com apoio da Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná (Fempar), que disponibiliza estúdio e suporte técnico.

Além da presença nas emissoras, em maio de 2019, o MP no Rádio passou a ser distribuído em plataformas de streaming, como Spotify, Apple e Google Podcasts. Até o mês de setembro, o produto registrou um alcance total de 2.760 ouvintes e 576 seguidores no Spotify.

Rádios comunitárias

O MP Responde é utilizado desde novembro de 2019 como quadro fixo semanal no programa Fala Paraná, boletim da Federação das Rádios Comunitárias – Paraná (Farcom-PR), veiculado pelas emissoras associadas à entidade: são cerca de 200 rádios de diversos municípios paranaenses.

“As rádios comunitárias têm um papel importante na democratização da comunicação, e encontramos no Ministério Público do Paraná um importante parceiro para nos ajudar a cumprir esse papel”, afirma o vice-presidente da Farcom-PR e apresentador do Fala Paraná, Vandersom Dubinski. “Acredito que, com esse trabalho de comunicação, o MPPR conseguiu se aproximar ainda mais das comunidades onde está inserido e trouxe credibilidade ao nosso projeto”, ressalta.

Segundo dados da Farcom-PR, existem atualmente 320 rádios comunitárias outorgadas no Paraná, sendo que aproximadamente 160 municípios têm esse veículo como o único meio de comunicação de massa local. Considerando dados do IBGE, as comunitárias em atividade no estado teriam capacidade de abrangência diária de aproximadamente 7 milhões de pessoas.

Alerta Coronavírus

No final de março, durante as primeiras semanas da pandemia, a partir da necessidade de repasse de informações urgentes relacionadas direta e indiretamente à atuação institucional, foi desenvolvido um novo produto para rádios, o Alerta Coronavírus. De março a maio, foram enviadas 12 edições desse quadro para as emissoras – os spots também foram veiculados pelas rádios comunitárias associadas à Farcom-PR.

Reconhecimento

O MP no Rádio e o MP Responde foram vencedores da última edição do concurso interno Prata da Casa, em 2019, na categoria “Atuação nas unidades de apoio e assessoramento dos órgãos da administração”.

O sucesso dos programas também foi reconhecido em duas premiações nacionais: o Prêmio CNMP 2018 (2º lugar na categoria “Comunicação e Relacionamento”), realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público, e o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, em 2017 (2º lugar na categoria “Produção Radiofônica”), promovido pelo Fórum Nacional de Comunicação e Justiça.

Dia do Rádio

Em 25 de setembro, é comemorado o Dia Nacional do Rádio, em memória ao nascimento, em 1884, de Edgard Roquete Pinto, considerado o “Pai do Rádio Brasileiro”. Ele foi responsável por fundar, quase 40 anos depois, a primeira emissora radiofônica do país, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.

Acesse

 

 

25/9/2020

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem