Comunicação Social do MPPR

Atuação

08/08/2022

MPPR em Cascavel retoma campanha “Conte até 10”, que busca redução de homicídios e promoção dos direitos de vítimas de crimes violentos

Expresso MP

     

     

Incentivar o diálogo e evitar a ocorrência de crimes motivados pela intolerância e praticados a partir de impulsos: esses são os principais objetivos da Campanha “Conte até 10”, do Ministério Público brasileiro que, em Cascavel, no Oeste do estado, está sendo pautada pela Promotoria de Justiça da Comarca. O objetivo é debater com representantes do poder público e da iniciativa privada, bem como de organizações da sociedade civil organizada, a importância da promoção de ações que visem a redução da ocorrência de crimes violentos.

Com esse propósito, foi promovida na última semana, na Câmara de Vereadores da cidade, reunião pública com o tema “Chega de Violência! A formalização de um compromisso de atuação contra a violência e em prol da vítima da cidade de Cascavel”. Na oportunidade, os representantes do Ministério Público apresentaram os atuais índices de crimes violentos no país e no município – que tem apresentado taxa de homicídios superior à média mundial, chegando a 14,9 mortes para cada 100 mil habitantes. Também falaram sobre os efeitos de tal realidade para as vítimas de crimes violentos, especialmente seus familiares, bem como da necessidade de criação de uma rede de apoio e políticas públicas voltadas a esse público. “Desentendimentos no trânsito, em uma fila de banco ou qualquer outra situação corriqueira tem sido estopins para discussões que, muitas vezes, terminam com a morte dos envolvidos. Essa realidade precisa ser modificada”, destacou o promotor de Justiça Alex Fadel, um dos representantes do MPPR no evento.

Vítimas de crimes – Entre as práticas propostas pelos promotores de Justiça estão a realização de campanhas educativas voltadas à conscientização da sociedade, a definição, pelo poder público, de um fluxo de prioridade para o atendimento às vítimas de crimes e a criação, por parte da iniciativa privada, de ações que permitam a reinserção das vítimas de crimes e seus familiares no mercado de trabalho e no meio acadêmico. “Além da busca pela responsabilização dos autores de crimes, é papel do Ministério Público se preocupar com os efeitos que os crimes provocam nas vítimas e em seus familiares”, pontuou o promotor de Justiça Guilherme Carneiro de Rezende, outro agente ministerial à frente da campanha na comarca.

Campanhas nacionais – Idealizada inicialmente em 2012, pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), a campanha “Conte até 10” foi recuperada pela Promotoria de Justiça de Cascavel, em conjunto com demais órgãos públicos, frente ao aumento dos índices de violência locais. Em outra frente, o Ministério Público do Paraná integra mobilização nacional voltada à proteção integral das vítimas de crimes e seus familiares. Também participaram da reunião na sede do Legislativo municipal representantes da Administração Municipal, da Ordem dos Advogados do Brasil (Seção Paraná), de instituições acadêmicas e da sociedade civil, além de autoridades policiais. Acesse matéria relacionada.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
comunicacao@mppr.mp.br
(41) 3250-4264

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem