Comunicação Social do MPPR

Cidadania

27/09/2022

Ministério Público discute em live impactos da inseminação caseira

O tema da inseminação artificial será analisado nesta quarta-feira, 28 de setembro, às 10 horas, em live do Ministério Público do Paraná. Serão abordados aspectos médicos e éticos dos procedimentos de reprodução humana artificial e as repercussões da autofertilização, conhecida por inseminação caseira – nessa modalidade de fecundação, por falta de recursos financeiros, os casais realizam o procedimento com o uso de material genético de doadores e sem assistência médica.

No evento, serão prestados esclarecimentos de interesse público e compartilhadas reflexões úteis para a atuação do Ministério Público em casos concretos que envolvem o registro de nascimento das crianças concebidas por esse método. Podem participar integrantes do MP brasileiro e a comunidade em geral.

Expositoras – A live será realizada pelo MPPR, por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça (Caop) Cíveis, Falimentares, de Liquidações Extrajudiciais, das Fundações e do Terceiro Setor e do Caop dos Direitos Humanos, com apoio da Escola Superior do MPPR.

Participarão do evento como expositoras a médica Rejane Cristina Malavazzi Cesare, especialista em reprodução humana e que realiza pesquisas sobre reprodução assistida para o público LGBmaineTQIA+, e a advogada Andressa Bissolotti dos Santos, professora com doutorado em direitos humanos e democracia e pesquisadora visitante do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Clique aqui para acessar a transmissão.

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem