Comunicação Social do MPPR

Criança e Adolescente

18/12/2012

TURISMO SEXUAL - I Ciclo de Palestras Orientativas sobre Hospedagem de Crianças

 

A Secretaria de Estado do Turismo promoveu na terça-feira passada, dia 11/12/2012 (ver programação), no Auditório do Ministério Público do Paraná, o I Ciclo de Palestras Orientativas sobre Hospedagem de Crianças e Adolescentes e Turismo Sustentável e Infância. Os participantes discutiram a importância de se cumprir a lei e o Estatuto da Criança e da Adolescência, principalmente com a aproximação da Copa do Mundo, em 2014. O Secretário de Turismo, Jackson Pitombo, afirmou que mais encontros sobre o tema devem ocorrer no próximo ano.

A promotora de Justiça e representante do Ministério Público Luciana Linero, reforçou que a lei estadual 17147/12 que obriga hotéis e pensões a afixarem cartazes com as exigências legais para a hospedagem de menores de 18 anos, e que a lei federal 11577/07 torna obrigatória a divulgação de mensagem relativa a exploração sexual e tráfico de crianças e adolescentes apontando formas para efetuar denúncias. A Dra. Luciana, atuante neste centro de apoio, apresentou também um vídeo: o segundo episódio da série “Que exploração é essa?”, desenvolvido pelo Canal Futura e Childhood Brasil, que trata especificamente da hospedagem de adolescentes.

Na fotografia abaixo, da esquerda para a direita: Jakson Pitombo, Secretário Estadual do Turismo (SETU); Márcia Tavares dos Santos, Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-PR); Luciana Linero, Promotora de Justiça (CAOPCAE/MP-PR); e, Henrique Lenz César Filho, Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH-PR). Fotos de Pedro Mariucci Neto, Assessoria de Imprensa SETU/PR.




  

 

Contra o turismo sexual

[ voltar ]

 

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, e o presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneguelli, encontraram-se na quarta-feira (7), em Brasília, para discutir a realização de uma ação conjunta de prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes durante a Copa do Mundo de 2014. No último dia 23, o SESI divulgou, em Paris, o resultado de uma pesquisa que indica a possibilidade do aumento de casos no país em função do fluxo turístico que deverá ser gerado pelo Mundial.

O SESI é um dos patrocinadores de uma campanha preventiva que terá início em 2013 e abrangerá cerca de 20 países da Europa, África e América do Sul. A ação deverá atingir pessoas que pretendem viajar para o Brasil para acompanhar os jogos, bem como empresas ligadas ao turismo. Com o slogan "Não desvie seu olhar", a campanha está sendo desenvolvida pela rede ECPAT (Fim do Tráfico e da Prostituição de Crianças), presente em mais de 80 países.

Meneguelli disse ao ministro que irá apresentar uma proposta para a replicação dessa campanha no Brasil, em parceria com o Governo Federal. "Esse é um problema que é de todo o país, por isso, a prevenção tem de contar com a participação de todos os setores. Precisamos formar uma grande rede do bem para combater a rede da exploração que é muito bem organizada", ressaltou.

Gastão Vieira se comprometeu a fazer a articulação com outros dois ministérios, Esportes e Direitos Humanos, assim que receber a proposta. E destacou que o trabalho de prevenção à exploração é uma das prioridades da sua pasta. O ministro está acompanhando de perto a implementação de um piloto, que vai oferecer cursos de qualificação no setor turístico a jovens atendidos pelo ViraVida - programa do SESI de atendimento a vítimas de exploração sexual.

"O ViraVida é importantíssimo para o novo momento do MTur. Esse projeto não saiu mais da minha cabeça desde a primeira vez que conversamos sobre ele. O turismo pode ser um grande empregador para os alunos formados pelo ViraVida. Penso, ainda, em fazer uma troca de experiência com a Argentina e o Uruguai para o ensino de espanhol", afirmou Vieira.

Uma pesquisa encomendada pelo Conselho Nacional do SESI, com base em dados oficiais de fluxo turístico em Salvador (BA) e São Paulo (SP), revelou que há uma relação entre o desembarque de turistas estrangeiros que vêm ao Brasil a passeio e o aumento das denúncias de exploração sexual feitas ao Disque 100, serviço de denúncias do Governo Federal.

De acordo com o levantamento produzido pela John Snow Brasil Consultoria, entre os anos de 2008 e 2010, a cada 370 turistas estrangeiros que chegaram a Salvador, uma denúncia foi feita ao Disque 100. Já em São Paulo, era preciso a entrada de 2.567 turistas para que houvesse o aumento de uma denúncia ao serviço, quase dez vezes mais que na Bahia.

[Fonte: Bem Paraná - 08/11/2012]

  

 

Polícia detém 50 estrangeiros no Ceará suspeitos de turismo sexual

[ voltar ]

 

Segundo a polícia, maioria dos turistas é italiano e não tinha documentos. Estrangeiros pagaram multa e devem regularizar situação no Brasil.

Uma operação da Polícia Civil do Ceará de combate à prostituição e tráfico de drogas deteve 50 turistas, a maioria italianos, na madrugada deste sábado (15). A operação ocorreu em pontos turísticos da orla de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Civil, os turistas detidos estão no Brasil em situação irregular e não apresentaram documentos de identificação ou passaporte. Eles foram multados e vão ter que regularizar a situação na segunda-feira (17).

Também foi fechada uma boite que funcionava sem alvará e era investigada por manter adolescentes exploradas sexualmente.

Em dezembro, segundo a Polícia Civil, aumenta o número de turistas que chegam a Fortaleza para cometer crimes de exploração sexual, principalmente de garotas com menos de 18 anos. A operação de combate ao turismo sexual deve continuar durante o período de alta estação, até o início de fevereiro de 2013.

[Fonte: G1 Ceará - 15/12/2012]

 

Matérias relacionadas: (links internos)
»  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
»  Eventos
»  EVENTO - I Ciclo de Palestras Orientativas sobre Hospedagem de Crianças e Adolescentes
»  Hospedagem de Crianças e Adolescentes (Temas Especiais)
»  Campanha "Que exploração é essa?"

  

Referências: (links externos)
»  ABIH-PR - Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná
»  Canal do SESI no YouTube
»  Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI)
»  Curitiba Turismo - Instituto Municipal de Turismo
»  John Snow Brasil Consultoria
»  Serviço Social da Indústria (SESI)
»  SETU/PR - Secretaria Estadual de Turismo do Paraná
»  ViraVida - programa do SESI de atendimento a vítimas de exploração sexual

 

 

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem