Comunicação Social do MPPR

Criminal

23/08/2019

Tribunal do Júri de Guaratuba condena a 23 anos e 4 meses de prisão por feminicídio homem que matou a facadas companheira de 16 anos

O Tribunal do Júri de Guaratuba, no Litoral paranaense, condenou nesta quinta-feira, 22 de agosto, um homem que matou a companheira a facadas em 29 de junho de 2017. De acordo com a denúncia do Ministério Público do Paraná, o réu atacou a vítima – então com 16 anos de idade – durante uma discussão. Na ocasião, ela estava com a filha do casal, de quatro meses, no colo.

Acolhendo integralmente as teses do Ministério Público, o Conselho de Sentença reconheceu as quatro qualificadoras apontadas: feminicídio, motivo fútil, meio cruel e meio que impossibilitou a defesa da vítima, sendo o crime também agravado pela reincidência (na época dos fatos, o réu já havia sido condenado por tráfico de drogas).

A pena atribuída ao réu, que está preso desde a época do crime e não poderá recorrer em liberdade, foi de 23 anos e 4 meses de reclusão.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem