Comunicação Social do MPPR

Criminal

22/10/2019

MPPR denuncia proprietários e funcionário de empresa responsável por explosão que matou menino durante impermeabilização de sofá

O Ministério Público do Paraná apresentou denúncia criminal contra os proprietários e um funcionário de uma empresa de impermeabilização de estofados de Curitiba. Os três foram apontados como os responsáveis pela morte de um menino de 11 anos, ocorrida no apartamento da família, durante a aplicação de produto impermeabilizante em um sofá, o que resultou em uma violenta explosão.

O fato ocorreu no dia 29 de junho deste ano, no bairro Água Verde, na capital. Além de vitimar a criança (arremessada do 6º andar do prédio por conta da explosão), outras três pessoas tiveram queimaduras (a irmã do menino, seu esposo e o próprio funcionário que executava o serviço e foi denunciado).

A denúncia foi apresentada à 2ª vara do Tribunal do Júri da capital, pois o MPPR considerou ter havido dolo eventual. O casal de proprietários foi denunciado por um homicídio consumado e dois tentados, com duas qualificadoras: motivo torpe e uso de explosão. O funcionário que aplicou o produto foi denunciado pelos mesmos crimes, sem a qualificadora do motivo torpe.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem