Comunicação Social do MPPR

Institucional

03/08/2009

31/07/2009 - ITAPERUÇÚ - Justiça concede liminar que paralisa obras do aterro

As máquinas que vinham trabalhando na instalação da Unidade de Tratamento e Disposição Final de resíduos em Itaperuçú terão de interromper o trabalho. A Justiça de Rio Branco do Sul concedeu liminar, na tarde desta sexta-feira (31 de julho), determinando que empresa Protocol - Consultoria e Empreendimentos Ambientais Ltda suspenda a terraplanagem e as atividades no local, caso contrário, terá de pagar multa diária de R$ 100 mil.

O pedido de liminar foi feito em ação civil pública protocolada ontem (30 de julho) pela Promotoria de Justiça de Rio Branco do Sul. Na ação, o promotor de Justiça Alexandre Ramalho de Farias requer a anulação da licença ambiental, concedida pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP), por entender que o terreno é impróprio para a atividade, uma vez que se trata de área de manancial, localizada na região do Aqüífero Karst.


Informações para a imprensa com:
Maria Amélia Lonardoni / Jaqueline Conte
(41) 3250-4228 / 4229
Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem