Comunicação Social do MPPR

Institucional

25/01/2013

NOTA PÚBLICA – Caso de violência sexual contra enfermeira

Diante dos fatos noticiados nesta semana em relação à violência praticada contra a enfermeira de 38 anos, vítima de estupro praticado por mais de um agente em novembro do ano passado, o Ministério Público do Paraná informa que:

A promotora de Justiça Claudia Cristina Rodrigues Martins Madalozo, titular da Promotoria de Justiça junto ao Juizado da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, requisitou, à Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba, o encaminhamento do inquérito policial correspondente, que já se encontra na Promotoria, para adoção das medidas penais cabíveis.

À luz das previsões da Lei Maria da Penha e da existência de juízo especializado, o entendimento do MP-PR é de que o caso se trata de hipótese clara de violência doméstica, e não de violência comum, o que determina que a matéria seja apreciada pela Promotoria especializada.

Adolescentes –
Os dois adolescentes que participaram do ato foram apresentados à Promotoria de Justiça junto à 3ª Vara da Infância – Setor de Infratores na tarde desta quinta-feira, 24 de janeiro. Eles estão apreendidos no Centro de Socioeducação de Curitiba (SIOPE) e aguardam o julgamento da ação interposta contra eles pela promotora de Justiça Danielle Cavali Tuoto.

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4228 / 4439
Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem