Comunicação Social do MPPR

Institucional

16/07/2010

16/07/2010 - DROGAS - Prisão de maior traficante do Paraguai começou com investigação do GAECO-Guaíra

Nesta sexta-feira, 16 de julho, um desdobramento da Operação Liderança, realizada durante a semana em Guaíra, pela Polícia Federal, resultou na apreensão de 15 quilos de pasta base de cocaína e armas. Na quarta-feira, 14 de julho, a ação culminou com a prisão de um dos maiores traficantes de drogas do Paraguai, Carlos Arias Cabral, conhecido como Líder Cabral. A operação da PF teve participação da unidade de Guaíra do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), do Ministério Público do Paraná, que iniciou as investigações, há cerca de um ano – nesse período, foram apreendidas mais de 25 toneladas de maconha, bem como vários quilos de pasta base de cocaína e crack. Como o caso tratava de tráfico internacional, a questão foi levada pelo MP-PR à esfera federal. O trabalho então foi conduzido de forma conjunta entre as polícias brasileira e paraguaia.

Combustíveis – Também nessa semana (15), o GAECO-Guaíra realizou operação de fiscalização nos postos de combustível da região. Foram vistoriados 11 estabelecimentos – um foi fechado por adulteração de combustíveis e outro por violação de bandeira, ou seja, venda de combustível de origem diversa da distribuidora anunciada. Nesses casos, os dois proprietários foram presos em flagrante – um deles, inclusive, é policial rodoviário. A ação do MP-PR teve suporte da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), da Polícia Militar do Paraná.

O GAECO é o braço do MP-PR que trata do combate ao crime organizado e do controle externo da atividade policial. Há unidades do Grupo em Curitiba, Guaíra, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Guarapuava e Maringá. Todas são compostas por policiais civis e militares e por integrantes do Ministério Público – procuradores e promotores de Justiça – que são responsáveis pela coordenação das ações.


Informações para a imprensa com:
Patrícia Ribas / Jaqueline Conte
(41) 3250-42289 / 4229
Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem