Promotor de Justiça Ramatis Favero é condecorado com Medalha “Coronel Sarmento”

Data 18/05/2012 | Assunto:  Planejamento Institucional

.O promotor de Justiça Ramatis Favero, atualmente em nível de assessoramento na SUBPLAN, recebeu das mãos da primeira dama do Estado do Paraná e secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, medalha em homenagem ao patrono da Polícia Militar, coronel Joaquim Antônio de Moraes Sarmento.

Em solenidade de incorporação de 3.120 policiais e bombeiros militares e policiais civis, na manhã desta quinta-feira, 17 de maio, foram entregues medalhas em homenagem ao patrono da Polícia Militar, coronel Joaquim Antônio de Moraes Sarmento.

O promotor de Justiça Ramatis Favero, atualmente em nível de assessoramento na SUBPLAN, recebeu a condecoração por contribuição e destaque em favor de causa pública, entre outros civis como promotores de Justiça, secretários de Estado e prefeito, e também por policiais e bombeiros militares por atos de heroísmo no desempenho da função policial militar.

.

A medalha “Coronel Sarmento” é a maior honraria da Polícia Militar do Paraná e dada anualmente a militares e civis que se destacaram no trabalho em favor da segurança pública do Estado. Neste ano de 2012, 58 medalhas foram entregues a pessoas indicadas pela PM.

.

O coronel Sarmento é o patrono da Polícia Militar do Paraná e símbolo de patriotismo. “Sarmento é um ícone dentro da corporação. Relembrar a sua memória faz com que os policiais se mantenham sempre altivos na busca da melhoria no serviço prestado”, afirmou o subcomandante-geral da PM, coronel César Alberto Souza.

A cerimônia foi presidida pelo governador Beto Richa e acompanhada pela secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa.

CORONEL SARMENTO – O Coronel Joaquim Antônio de Moraes Sarmento foi reconhecido patrono da Polícia Militar do Paraná por ter dedicado sua vida à corporação e pela luta na “Campanha do Contestado”, em 1912, na qual foi ferido no olho. Nasceu no dia 17 de maio de 1882 e ingressou na Polícia Militar em 1907. Participou de todas operações revolucionárias travadas pela corporação entre 1912 e 1926, comandando a tropa paranaense na “Revolução de 1924”. Foi para a reserva em 1926, sendo chamado na ativa em 1929 pelo período de um ano, sendo definitivamente reformado em 1930. Sarmento faleceu no dia 21 de Abril de 1934, dia de Tiradentes, patrono de todas as polícias do Brasil.

. Lei 5.798 - 24 de Junho de 1968 Publicada no Diário Oficial no. 96 de 26 de Junho de 1968
Súmula:

 Cria na Polícia Militar do Estado do Paraná a Medalha Coronel Sarmento, a ser conferida anualmente, pelo Chefe do Poder Executivo, na data em que se reverencia a memória do Patrôno da Corporação, Cel. Joaquim Antônio de Moraes Sarmento e dá nova redação as letras c e d, do art. 2°, da lei n° 4.340, de 6 de março de 1961
. Lei 11.806 - 05 de Agosto de 1997 Publicada no Diário Oficial no. 5060 de 5 de Agosto de 1997
Súmula:

Altera a redação dos artigos 1º e 2º, da Lei nº 5.798, de 24 de junho de 1968, que dispõe sobre a Medalha Coronel Sarmento

 



 








Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=10071