Denunciados na Operação Fim de Feira têm mandados de prisão decretados pela Justiça

Data 18/12/2017 | Assunto: Patrimônio Público


A pedido do Ministério Público do Paraná, o Juízo da Vara Criminal do Foro Regional de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, decretou a prisão preventiva de seis pessoas denunciadas na 4ª fase da Operação Fim de Feira, que investiga crimes de corrupção ativa e passiva em contratos firmados pela municipalidade com empresa de implantação, operação, manutenção e gerenciamento de sistema de estacionamento rotativo pago de veículos.

A investigação da Operação é realizada pelas Promotorias de Justiça de Araucária e os mandados estão sendo cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com participação dos Gaecos de São Paulo e de Pernambuco. Entre os investigados, está o ex-prefeito de Araucária, já preso na 1ª fase da Operação, em dezembro de 2016 e condenado em primeira instância, e representantes da empresa contratada.

Também foi determinado pela Justiça o sequestro de R$ 1.287.947,86, valor estimado da vantagem recebida pelos crimes cometidos.

Saiba mais sobre a Operação Fim de Feira:

20/12/16 - Prefeito de Araucária é preso pelo Gaeco

16/10/17 - Ex-prefeito de Araucária e mais seis pessoas são condenados por crimes contra a administração

10/04/17 - Ex-prefeito de Araucária é denunciado pelo MPPR e tem prisão decretada

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4264






Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=19857