MPPR promove audiência pública em Rio Negro para discutir a assistência médica básica oferecida na comarca

Data 20/02/2018 | Assunto: Saúde


No próximo sábado, 24 de fevereiro, a população de Rio Negro, Região Metropolitana de Curitiba, está convidada a participar de uma audiência pública para discutir o atendimento básico de saúde oferecido na comarca. O encontro é parte do projeto Suscom+, iniciativa do Ministério Público do Paraná voltada a garantir mais qualidade na atenção básica e a estimular a atuação da própria comunidade nas deliberações por melhores serviços.

O Suscom+ é realizado pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública, do MPPR, em conjunto com as Promotorias locais. O trabalho prevê a realização de audiências públicas mediadas pelos promotores de Justiça e que contam com a participação da população (individualmente e por meio de associações), dos gestores públicos responsáveis pela saúde (prefeitos, secretários e outros profissionais) e de representantes dos Conselhos Municipais de Saúde.

A ideia é ouvir nesses encontros as demandas dos próprios usuários do sistema de saúde quanto ao serviço e à gestão, além de buscar junto aos agentes públicos respostas às questões levantadas, com a participação das Promotorias no encaminhamento das demandas. Nas audiências, é definida uma prioridade e o gestor público assume o compromisso de desenvolver ações para resolver tal situação. Também é estabelecido um prazo para a efetivação das melhorias pretendidas e agendado um novo encontro com a comunidade, para apresentação do que foi feito.

Em Rio Negro, a audiência será realizada no dia 24 de fevereiro, às 13 horas, no Ginásio de Esportes José Mueller (Praça Santo Ângelo, 60, Vila Militar). A cidade é uma das cinco escolhidas para o início da implantação do Suscom+, ao lado de Cerro Azul, Medianeira, Capanema e Maringá (as duas últimas com audiências a serem agendadas nos próximos meses). A partir do segundo semestre deste ano, o trabalho será levado a outros municípios paranaenses.

Principal entrada do SUS – O serviço de atenção básica (ou atenção primária) é uma das principais portas de entrada do Sistema Único de Saúde e responde pela maioria das situações que levam a população a buscar o SUS (Sistema Único de Saúde). Além do atendimento direto às pessoas, em consultas e exames, também estão no foco da atenção básica a prevenção de doenças e a promoção da saúde, com distribuição de vacinas e realização de campanhas para prevenir doenças, por exemplo, entre outras ações previstas na Política Nacional de Atenção Básica.

Saiba mais:

Clique aqui para ver outras informações sobre o projeto e acesse aqui entrevista de rádio sobre o Suscom+.






Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=20041