Vereador, esposa e sogra são presos em operação do Ministério Público do Paraná em São Jerônimo da Serra

Data 28/03/2018 | Assunto: Criminal


Um vereador de São Jerônimo da Serra, no Norte Pioneiro paranaense, foi preso preventivamente na manhã desta quarta-feira, 28 de março, na Operação Cale-se, deflagrada pela Promotoria de Justiça da comarca. Também foram cumpridos mandados de prisão contra a esposa e a sogra do vereador, bem como mandados de busca e apreensão na residência do parlamentar.

De acordo com a Promotoria de Justiça, os investigados são suspeitos de ameaçar vítima de crime de estupro de vulnerável e seus familiares. O crime teria sido praticado por um tio da mulher do vereador, que se encontra foragido. Além da coação no curso do processo, os investigados e dois advogados combinaram pagamento de R$ 3 mil à mãe da vítima, para que requeresse o afastamento de medidas protetivas deferidas pela Justiça. A mãe, no entanto, arrependeu-se do acordo e procurou o Ministério Público, que deu início às apurações.

Durante a operação, com o apoio da Polícia Militar, foram apreendidos documentos, uma arma de fogo e diversas munições, além de ser dado cumprimento às ordens de prisão preventiva. O procedimento investigatório criminal prossegue para fins de apresentação de denúncia.

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4439






Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=20212