07/02/2012 - COMBUSTÍVEIS - MP-PR obtém liminar judicial e Auto Posto Arrancadão será fechado

Data 07/02/2012 | Assunto: Institucional


Atendendo ação civil pública proposta pelo Ministério Público do Paraná, representado pela 2ª Promotoria de Justiça de Pinhais e pela 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba, o Juízo da comarca de Pinhais determinou o fechamento das atividades comerciais de revenda de combustíveis e o lacre das bombas medidoras da empresa Ângelo Comércio de Combustíveis Ltda, conhecida pelo nome fantasia Auto Posto Arrancadão, localizado na Vila Tarumã, em Pinhais. Foi decretada ainda a indisponibilidade de bens dos proprietários do posto e liberada a apreensão de todas as notas fiscais de venda de combustível de 1º de janeiro de 2011 até a data do cumprimento do mandado judicial. Os responsáveis pelo caso no MP-PR são as promotoras de Justiça Claudia Regina de Paula e Silva e Cristina Corso Ruaro.

Fraude -
O Arrancadão é um dos postos atendidos pela Power Bombas, empresa investigada por participar de um suposto esquema de fraude na venda de combustíveis, revelado pelo programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão. A denúncia exibida mostrava que as bombas apontavam número de litros abastecidos superior ao que efetivamente entrava no tanque dos veículos, lesando o consumidor.

* Confira aqui a íntegra da decisão e aqui matéria divulgada quando foi proposta a ação, em 27 de janeiro deste ano.

Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4226 / 4228





Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=2181