29/05/2012 - PALOTINA - MP-PR processa empresa que executou obra em Maripá por improbidade

Data 29/05/2012 | Assunto: Institucional


O Ministério Público do Paraná (MP-PR) ajuizou ação civil pública contra o ex-prefeito de Maripá (região Oeste) Henrique Ludowigo Deckmann e outras quatro pessoas –incluindo um engenheiro civil e uma construtora -, por supostos atos de improbidade administrativa.

A Promotoria aponta indícios de irregularidades na execução das obras de um Centro de Educação Infantil na cidade de Maripá. Uma perícia apontou descumprimento de normas técnicas, projetos complementares e falta de acompanhamento técnico na construção.

O promotor de Justiça Régis Rogério Vicente Sartori sustenta que, apesar de o montante do custo ter sido integralmente pago, o imóvel não tem condições de ser utilizado como creche, o que prejudica a população local.

O MP-PR pede à Justiça, além da condenação dos requeridos, que seja decretada a indisponibilidade de bens dos requeridos Edson Fernandes e da Efer Construções Ltda no valor mínimo de R$ 67.849,49 e a suspensão do direito de firmar novos contratos com o poder público no Estado do Paraná.



Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4226 / 4229





Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=2479