10/11/2009 - CHACINA DE GUAÍRA - Réus são condenados a 348 anos de prisão

Data 10/11/2009 | Assunto: Institucional


Depois de dois dias de julgamento, terminou por volta das 17 horas desta terça-feira (10) o júri popular dos autores da denominada “chacina de Guaíra”. Jair Correa, Ademar Fernando Luiz e Fabiano Alves de Andrade, réus confessos da chacina, foram condenados a 348 anos de prisão, cada um, por 15 homicídios triplamente qualificados e oito tentativas de homicídio qualificado, conforme pedido da Promotoria de Justiça da Comarca.

No júri, presidido pelo juiz Wendel Fernando Brunieri, a defesa tentou reduzir a pena individualizando a conduta dos réus, sob alegação de que teriam agido por injusta provocação das vítimas. Todas as teses da defesa foram derrubadas por provas apresentadas pelo Ministério Público, representado pelo promotor de Justiça Marcos Cristiano Andrade.

“Foi um crime singular, uma condenação exemplar, à altura da barbaridade cometida. É uma resposta do Ministério Público e da população à criminalidade. A chacina foi uma mancha na história do Paraná e a condenação dos réus vem minimizar essa mácula”, comentou o promotor de Justiça.


Informações para a imprensa com:
Maria Amélia Lonardoni / Jaqueline Conte
(41) 3250-4228 / 4229





Está notícia foi publicada no Central de Comunicação Social do MPPR https://comunicacao.mppr.mp.br

Endereço desta notícia:
https://comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=483